Alagoinhas participa do XXI Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas realizado em Foz do Iguaçu | Prefeitura de Alagoinhas

Alagoinhas participa do XXI Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas realizado em Foz do Iguaçu


25 de outubro de 2019, 12:47

O XXI Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas foi realizado esta semana, no Paraná, e Alagoinhas, nacionalmente conhecida pela qualidade da água, não ficou de fora das discussões propostas. Representando o município do interior baiano, o secretário municipal de desenvolvimento econômico e meio ambiente, José Edésio Cardoso, participou ativamente das discussões do ENCOB, em Foz do Iguaçu, de 21 a 25 de outubro.

O evento de referência entre os estados brasileiros reúne ONGs, universidades, municípios, técnicos, profissionais da área, autoridades e comunidade acadêmica com foco em promover amplas discussões sobre o uso dos recursos hídricos, planos de saneamento, projetos de recuperação hidroambiental, sustentabilidade e manejo da água.

Foto: Divulgação/José Edésio (SEDEA)

O tema central das discussões este ano – “Gestão das Águas” – norteou uma agenda positiva de atividades, workshops, oficinas, encontros, painéis e rodas de diálogo sobre segurança hídrica, modelos de revitalização, o papel da educação ambiental e a aplicação dos indicadores de governança das águas.

A intenção é discutir responsabilidades, planos e estratégias, propondo, socializando e propagando iniciativas exitosas no que se refere à otimização dos recursos hídricos.

“É com satisfação que viemos partilhar, junto com os amigos, dessa discussão integrada pelas águas. A preservação ambiental faz parte de uma preocupação latente da nossa cidade, que é conhecida, na Bahia, pela riqueza mineral do subsolo. Então chegar a este evento, trazer a contribuição de Alagoinhas, aprender com os modelos apresentados e compartilhar experiências como a do colega de Minas Gerais, de um dos municípios que tem 100% de tratamento de esgoto, é importante e estimulante pra nós. O que buscamos é justamente isso, que Alagoinhas esteja alinhada hoje ao que de mais atual se discute e se implementa nos municípios de todo o país”, afirma José Edésio Cardoso.

Foto: Paulo Vilela/CBHSF Divulgação

O gestor da pasta volta a Alagoinhas, nesta sexta-feira, com uma bagagem de experiências exitosas e referências para estabelecer novas metas e diretrizes ligadas à água enquanto fator de desenvolvimento.

Segundo Gabriel da Costa, secretário-executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), de Lagoa da Prata (MG), cidade que trata 100% do esgoto, a integração entre as políticas de estados e municípios, o compartilhamento e a socialização de experiências apontam para iniciativas promissoras. “Queremos difundir, levar, para que amigos de outros municípios possam ter a qualidade de água tratada. Alagoinhas é uma cidade que tem qualidade e quantidade de água”, enfatizou.

O representante de Sergipe também avaliou positivamente o encontro. “Fico feliz em ver gestores municipais que realmente se preocupam com a temática e não vivem de faz de conta, principalmente Alagoinhas, que tem o Aquífero de São Sebastião e uma das melhores águas do mundo”, pontuou.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Alagoinhas (SEDEA), a participação em seminários, encontros e atividades formativas permite a criação de novas conexões e redes de compartilhamento que contribuem para o planejamento de ações efetivas no âmbito municipal.

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.