Atraindo centenas de fiéis, 25ª Marcha para Jesus foi realizada em Alagoinhas


8 de agosto de 2022, 09:25


Centenas de fiéis acompanharam a 25ª Marcha para Jesus neste sábado (06), em Alagoinhas. Organizada pela Ordem de Ministros Evangélicos de Alagoinhas, em parceira com a Prefeitura Municipal, o evento reuniu cristãos do município e de cidades vizinhas, autoridades e religiosos.

Os fiéis marcharam pelas ruas do Centro, conduzidos por um trio elétrico, comandado pela Banda Som e Louvor, pelos pastores locais, e seguiram para o palco localizado na Praça JJ. Seabra, onde os artistas Sandro Nazireu, MC Juninho, Guilherme Camargo, a banda Manancial e bandas locais assumiram o louvor.

Para a realização do evento, a Prefeitura de Alagoinhas contribuiu com a contratação das bandas, infraestrutura com som, iluminação e gerador, contratação de trio elétrico, o palco
além da presença das equipes da SMTT, Guarda Municipal, e da Secretaria de Saúde com o reforço de ambulâncias. Também foram disponibilizadas emendas parlamentares do valor de 110 mil reais.

Segundo Hélio Raimundo Ferreira França Junior, pastor presidente da Ordem de Ministros Evangélicos de Alagoinhas e coordenador geral da Marcha para Jesus, o dia foi de muita alegria. “Essa é uma retomada de muita alegria entre os pastores, entre os evangélicos, entre os católicos, porque foram dois anos on-line e agora estamos voltando com o formato original, com trio, palco e com todo o povo nas ruas. Hoje, a gente pode ver a presença de todos aqueles que creem que Jesus Cristo é o Senhor. Então, estamos muito felizes adorando e glorificando”, afirmou.

Para a alagoinhense Bárbara Costa, o evento é o momento de lançar bençãos sobre a cidade. “A emoção é enorme, porque a Marcha é muito esperada por nós, da comunidade evangélica. É o momento da gente se divertir, de se soltar, sair e declarar o reino sobre a cidade. Então, é um momento de união das igrejas, de união dos ministérios e momentos de diversão pra nossa igreja”, comemorou.

 

Confira mais imagens:

Fotos: Roberto Fonseca / SECOM

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.