ESGOTAMENTO SANITÁRIO: Em janeiro, Avançar Cidades segue pelas ruas Alex Alencar, Manoel Vitorino e Alcindo de Camargo | Prefeitura de Alagoinhas

ESGOTAMENTO SANITÁRIO: Em janeiro, Avançar Cidades segue pelas ruas Alex Alencar, Manoel Vitorino e Alcindo de Camargo


8 de janeiro de 2021, 16:53

A Prefeitura Municipal de Alagoinhas, através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), segue, nesta sexta-feira (8), com uma frente de trabalho do Avançar Cidades na rua Manoel Vitorino, no Centro.

Pela manhã, o prefeito Joaquim Neto, o diretor geral do SAAE, Francisco Brito, e a diretora técnica da autarquia, Valéria Figueiredo, estiveram no local para uma vistoria técnica.

 

“É com muito orgulho que vejo o avanço dessa obra, que, junto com o PAC e o Saneamento Para Todos, faz parte do maior pacote de obras de esgotamento sanitário da história de Alagoinhas”, disse o prefeito. “Com essas obras, nós vamos mais que dobrar a capacidade de esgotamento da cidade. Isso modificará para melhor a vida de milhares de pessoas, com saúde e mais dignidade, sem falar que também será muito importante para a preservação do meio ambiente”, completou o chefe do Poder Executivo Municipal.

“A obra está avançando num ritmo bastante célere. Até mesmo além do que havia sido previsto, reduzindo o impacto na rotina diária de quem vive e passa pelo Centro”, afirmou o diretor geral do SAAE, Francisco Brito. “Agora que chegamos a esta etapa temos a oportunidade de mostrar um pouco mais à população a importância de uma obra que também irá estruturar a região central para que no futuro seja possível resolver o problema histórico de esgotamento”, finalizou.

Na nova etapa da obra de esgotamento sanitário, as equipes atuam na instalação do interceptor, equipamento responsável por receber e encaminhar os esgotos até as estações elevatórias, intermediadoras que direcionam os efluentes até a estação de tratamento.

 

Em janeiro, a frente de trabalho avança pelas ruas Manoel Vitorino e Alcindo de Camargo, nas proximidades do Colégio Estadual Brasilino Viegas, causando alteração no trânsito da região. Na última terça-feira (5), o procedimento já foi realizado na rua Alex Alencar.

A execução do interceptor é de grande importância, uma vez que, ao final desta etapa, será possível iniciar outras frentes de trabalho.

Com um investimento de quase R$ 13 milhões, o Avançar Cidades beneficiará diretamente mais de 7 mil moradores de Nova República e parte de Santa Terezinha com a coleta e o tratamento adequado dos esgotos.

BENEFÍCIOS

A intervenção representa a redução de esgotos a céu aberto, a diminuição de doenças de veiculação hídrica, bem como menor incidência de contaminação do rio Catu nas intermediações dos bairros atendidos.

A ação, inédita nas localidades supracitadas, engloba a execução de quatro estações elevatórias, quase 30 km de rede coletora, cerca de 2 mil ligações intradomiciliares e mais de 10 km de interceptor para Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Bacia da Fonte dos Padres, que está sendo construída em Narandiba.

PREVISÃO DE CONCLUSÃO

A previsão é de que o Avançar Cidades seja concluído em dois anos, contando a partir do início das obras, em dezembro de 2019.

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.