Instalação da fábrica de refrigerantes Dore consolida-se em Alagoinhas


20 de julho de 2022, 18:16

 

Foto: Roberto Fonseca

Após  resolução de questões burocráticas e trâmites de cartório, nesta quarta-feira (20), a Dore Refrigerantes tomou posse da área cedida pela Prefeitura Municipal de Alagoinhas para construção do Parque Industrial da empresa no município. São cerca de 47 mil metros quadrados, na BR 101, que agora passam por supressão vegetal para levantamento topográfico e início das obras da nova fábrica,que será responsável por 40% da produção de sucos, refrigerantes e energéticos da empresa centenária.

Foto: Roberto Fonseca

À princípio, a cessão de uso do terreno é de 20 anos, prorrogáveis por mais 20, “desde que a empresa mantenha o estabelecido no protocolo de intenções”, explicou o secretario de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente Bruno Fagundes. De acordo com o documento, a empresa deve operar ao longo desses anos e é necessário que haja contratação de mão de obra local, além de assegurar o investimento previsto de 20 milhões reais.  “Inicialmente, a previsão é que a Dore contrate de 130 a 250 pessoas para a operação da fábrica. A partir de agora, a responsabilidade pela manutenção da área já é da própria empresa”, reiterou o secretário.

Foto: Roberto Fonseca

A Dore é uma empresa fundada em 1911 que já está na 4ª geração, dentro da mesma família. Seu Diretor Executivo, Antônio Cabral, afirmou que a escolha de Alagoinhas para sediar a nova fábrica se deu “pelo município ser o mais importante pólo de bebidas do Nordeste e por possuir uma economia pujante”. Segundo Cabral, a indústria irá gerar riquezas para o município, “no amplo sentido da palavra, com geração de emprego e renda,impostos e tudo o mais”. Ele ainda disse que o ex-deputado Benito Gama,amigo íntimo da família, foi uma das maiores influências para que Alagoinhas fosse a cidade-sede da nova fábrica da empresa.

Foto: Roberto Fonseca

Para o prefeito Joaquim Neto,  o momento simbólico representa mais um passo em direção a um empreendimento “importantíssimo para a nossa cidade, com a consolidação do Parque Industrial da Dore. Isso vai atrair mais investidores e aumentar a cadeia produtiva, desde a construção e montagem da fábrica até seu funcionamento”.
O chefe do Executivo ressaltou que Alagoinhas tem vocação para fornecer mão de obra qualificada “e a água de nosso município foi o grande atrativo”.  O gestor municipal mencionou que mais duas empresas do ramo da água mineral, cerveja e refrigerante já demonstraram interesse por se instalarem no município. “Temos toda uma logística preparada para o trabalho”, reforçou.

Foto: Roberto Fonseca

De acordo com o presidente do  SinComércio Benedito Vieira, a consolidação da fábrica da Dore em Alagoinhas é um prenúncio de mais crescimento econômico.”Para nós, que representamos o desenvolvimento da cidade através da força empresarial, este é um momento salutar. Desde o início da proposta,acompanhamos de perto a chegada de mais essa indústria. Será de grande relevância para a mão de obra local, com reflexo positivo no comércio”.

Fotos: Roberto Fonseca

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.