Prefeitura avança com novas etapas da ação de enfrentamento ao coronavírus na Central de Abastecimento; equipes realizam inquérito epidemiológico nesta sexta (24) e sábado (25) | PREFEITURA DE ALAGOINHAS

Prefeitura avança com novas etapas da ação de enfrentamento ao coronavírus na Central de Abastecimento; equipes realizam inquérito epidemiológico nesta sexta (24) e sábado (25)


23 de julho de 2020, 20:58

Equipes de saúde voltam à Central de Abastecimento, nesta sexta-feira (24) e no sábado (25), com novas etapas das ações de enfrentamento ao coronavírus. Na manhã desta quinta-feira (23), profissionais estiveram no local com uma blitz educativa, orientando permissionários e visitantes sobre os cuidados necessários, diante da pandemia, e as medidas preventivas para evitar o contágio. Devidamente paramentados, os profissionais de saúde realizaram também aferição de temperatura, distribuição de máscaras e de materiais educativos.

Nesta sexta-feira (24), das 7h às 13h, a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), responsável pela iniciativa, mobiliza aproximadamente 40 profissionais, que atuarão, no local, com a aplicação de inquéritos epidemiológicos, triagem e testagem, de acordo com critérios e em conformidade com as determinações da Nota Técnica n° 54, atualizada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, que preconiza a utilização também de testes rápidos para a notificação da COVID-19.

De acordo com as equipes de saúde, a identificação de casos positivos e a detecção são fundamentais para evitar que o vírus se espalhe. Durante a ação – que se repetirá, no sábado (25) -, a população poderá contar, além da abordagem dos profissionais, também com avaliação médica, no local. Segundo a secretaria, estão previstas também outras etapas, como parte de uma série contínua de ações voltadas à Central de Abastecimento para combate ao coronavírus. Todas as pessoas cujos testes apontarem positivo serão imediatamente avaliadas por profissional médico, com os devidos encaminhamentos e protocolos de isolamento. Esses munícipes entrarão ainda para o quadro de monitoramento da Vigilância. Pacientes com dispneia ou dificuldade respiratória, e sintomatologia compatível à COVID-19 serão atendidos e referenciados para unidades secundárias e terciárias de saúde, conforme classificação de risco.

Foto: Roberto Fonseca

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.