Rede municipal de ensino de Alagoinhas aumenta nota no IDEB e tem motivos para comemorar


20 de setembro de 2022, 10:28

Ano após ano, a gestão Joaquim Neto tem ganhado destaque na medição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), principal indicador de qualidade do ensino no País. Na última sexta-feira (16), saiu o resultado da Prova do IDEB e Alagoinhas, mais uma vez, avança na frente.

Criado em 2007, o IDEB reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações do Sistema da Educação Básica (Saeb). De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacional do Ministério da Educação (INEP/MEC), o município alcançou o índice nos Anos Inicias do Ensino Fundamental de 5,0 e nos Anos Finais de 4,5, demonstrando aumento no desempenho, comparado à edição anterior de 2019, onde o resultado era de 4,7 e 3,8 respectivamente.

“Desde que assumi a gestão do município, em 2017, nosso resultado na Prova do IDEB vem revelando os avanços na Educação pública de Alagoinhas”, disse o prefeito Joaquim Neto, ressaltando o resultado positivo “que ganha contornos ainda maiores devido ao contexto educacional atípico imposto pela pandemia da Covid-19”.

Segundo o Secretário da Educação Gustavo Carmo, essa evolução é consequência das políticas públicas implantadas pela atual gestão e pelos investimentos em formação continuada para professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares; material estruturado para os professores do Ensino Fundamental Anos Inicias; implementação do Protocolo de busca efetiva de todos estudantes infrequentes; parcerias com o Conselho Tutelar, com a Associação Bem Comum (Programa Educar pra Valer) e com o Instituto Chapada (Programa Educar com Você –Bracell); além da construção do Plano de Ação Escolar para melhorar os resultados educacionais, com aplicação de avaliações sistemáticas em Rede.

“Neste contexto, vale destacar o trabalho incansável dos nossos Professores, Coordenadores Pedagógicos, Gestores e Equipe Técnica da SEDUC, que durante todo o processo pandêmico não pouparam esforços para garantir o Direito de Aprender de nossos estudantes”, declarou o secretário, destacando o efeito que o trabalho em Rede surte nos resultados.

Conforme explicou a Diretora Pedagógica da SEDUC Suyane Pinho, o cálculo do IDEB leva em consideração o índice de aprovação interna nas escolas. “Seguindo as orientações do Conselho Nacional de Educação, Alagoinhas aprovou os estudantes, adotando o Continuum Curricular para a recomposição das aprendizagens”. Em sua análise técnica, o momento é de comemoração, “pois diante de um cenário de incertezas, como foram os últimos dois anos, a Rede Municipal de Ensino deixou impresso o seu compromisso com a aprendizagem dos estudantes”.

A subsecretária da SEDUC, Keite Lima, ainda frisou a participação das famílias no resultado positivo. “Temos que continuar trabalhando para, não somente, manter esse resultado diante de um novo cenário, mas também continuar crescendo. Para isso, também contamos com o apoio das famílias da nossa comunidade escolar”

 

 

 

 

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.