Referência no estado, Ouvidoria de Alagoinhas realiza palestra em Catu | Prefeitura de Alagoinhas

Referência no estado, Ouvidoria de Alagoinhas realiza palestra em Catu


9 de junho de 2018, 17:23

A Ouvidoria Municipal de Alagoinhas, que tem se destacado nos canais de diálogo com o cidadão e nas plataformas de registros e solicitações, foi convidada, na última sexta-feira (8), para uma visita à cidade de Catu.

O intuito, segundo o ouvidor municipal David Ribeiro, foi a realização de uma palestra para servidores, secretários e representantes do município que desejavam saber mais sobre o trabalho técnico desenvolvido pela equipe de Alagoinhas. “Na verdade, fomos dar um suporte e apresentar um pouco do nosso trabalho para que a Ouvidoria de Catu também seja oficializada e conquiste bons resultados no que tange à transparência das atividades e ao registro de manifestações”, pontuou.

Só em 2017, as 4 iniciativas promovidas pela Ouvidoria Municipal, contando com a “Ouvidoria Kids”, contemplaram 3998 atendimentos na cidade. Somados aos serviços do sistema online, os números apontam que, no ano passado, a Ouvidoria de Alagoinhas realizou 5288 atendimentos.

No primeiro semestre deste ano, não foi diferente: inaugurando as ações no bairro do Mangalô, com 712 procedimentos registrados, o programa chegou a bater a marca de mil atendimentos em um dia na Ouvidoria Rural do Ponto do Beiju, quando uma grande operação ofereceu atendimento médico, vacinação, tratamento odontológico, consulta com oftalmologista, tratamentos de beleza e outros serviços nas adjacências da recém-reinaugurada escola Luzia Margarida Pinto. A meta agora, segundo a equipe, é chegar à marca de 10 ações até o final de 2018.

“Temos muitos projetos em vista e um grande salto para modernização que está em andamento para que consigamos atender a mais pessoas com serviços e plataformas de qualidade. Acredito que já tenhamos, hoje, a melhor ouvidoria do interior da Bahia, e o reconhecimento regional tem evidenciado isso”, afirmou David Ribeiro.

Além do suporte em Catu, o ouvidor também já prestou atendimento a representantes de Inhambupe e informou que tem sido procurado para falar sobre as ações desenvolvidas em Alagoinhas. “Isso tem sido corriqueiro. Foi a segunda solicitação que recebemos em um período de 3 meses para falar sobre os processos gerenciais. Crisópolis e Acajutiba também já ligaram e fizeram contato com a gente”, explicou.

O resultado positivo, segundo ele, é fruto de três pontos principais: a inclusão social no processo de gestão, a participação efetiva da comunidade e a transparência das ações. “Realizamos um trabalho intenso durante esses 18 meses e novos encaminhamentos estão sendo planejados para que consigamos conquistar ainda mais eficiência nas ações”, garantiu o ouvidor municipal.

A Ouvidoria informou que o atendimento do setor pode ser realizado diretamente no gabinete da Ouvidoria, que fica na Prefeitura Municipal, das 7h às 13h em dias úteis, ou através do número 156. Também está disponível um sistema online, através de chat, sistema E-Ouv ou redes sociais, que operam 24h.

A próxima edição do programa Ouvidoria nos Bairros está marcada para o dia 17 de junho, no conjunto residencial IAPSEB.

 

 

← voltar

 

Para queixas, sugestões e elogios, clique aqui.